Está aberto o novo concurso público da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre no estado do Rio Grande do Sul. A Trensurb divulgou por meio do Diário Oficial da União na manhã de hoje, dia 13 de julho, o extrato do edital 01/2021 com as normas de realização da nova seleção de servidores para 28 cargos em diversas carreiras de ensino médio, técnico e superior.

São 6 vagas imediatas para Agente de Segurança Metroviária e formação de cadastro reserva para os demais cargos, onde chamadas ocorrem conforme a necessidade. Os aprovados e convocados serão contratados por meio da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT e acordo coletivo de trabalho vigente.

O concurso está a cargo da Objetiva Concursos, e o edital reservará também 5% das vagas para portadores de deficiência e 20% para os candidatos negros.

 

 

Vagas abertas no concurso Trensurb RS

Analista Administrativo

  • Administrador (Cr) – Exige graduação em administração de empresas e registro no Conselho Regional de Administração;
  • Analista de Sistemas (Cr) – Pede graduação em análise de sistemas, ciência da computação, processamento de dados, sistemas de informação, informática, engenharia da computação, engenharia de sistemas, gestão da tecnologia da informação, análise e desenvolvimento de sistemas, segurança da informação ou engenharia de redes e registro no conselho, quando houver;
  • Arquivista (Cr) – Pede curso de graduação em arquivologia e registro no conselho, quando houver;
  • Assistente Social (Cr) – Pede graduação em Serviço Social e registro no Conselho regional de serviço social;
  • Bibliotecário (Cr) – Pede curso de graduação em biblioteconomia e registro no conselho regional de biblioteconomia;
  • Economista (Cr) – Curso de graduação em economia e registro no conselho regional de economia;
  • Jornalista (Cr) – Exige graduação e habilitação legal para o exercício da profissão;
  • Médico do Trabalho (Cr) – Curso de graduação em medicina e especialização em medicina do trabalho, além de registro no conselho regional de medicina
  • Nutricionista (Cr) – Curso de graduação em nutrição e registro no órgão de classe específico, quando houver;
  • Publicitário (Cr) – Curso de graduação em publicidade e propaganda e registro no órgão de classe específico, quando houver;
  • Relações Públicas (Cr) – Diploma de conclusão de curso de graduação em relações-públicas e registro no órgão de classe específico, quando houver;
  • Secretário-Executivo (Cr) – Curso de graduação em secretariado executivo e registro no órgão de classe específico, quando houver.

Todos estes cargos terão salário inicial de R$ 5.481,41.

Analista Metroviário

  • Arquiteto (Cr) – Pede curso de graduação em arquitetura e urbanismo e registro no conselho regional da classe;
  • Engenheiro Ambiental (Cr) – Curso de graduação em engenharia ambiental e registro no conselho regional de engenharia e agronomia;
  • Engenheiro de Segurança do Trabalho (Cr) – Pede graduação em engenharia ou arquitetura, com especialização em segurança do trabalho e habilitação legal para o exercício da profissão;
  • Engenheiro em Eletrônica (Cr) – Diploma de conclusão de curso de graduação em engenharia eletrônica e registro no conselho regional de engenharia e agronomia;
  • Engenheiro Mecânico (Cr) – Curso de graduação em engenharia mecânica com registro no conselho regional de engenharia e agronomia.

Os cargos de Analista têm remuneração inicial de R$ 7.838,08.

Técnico de Serviços

  • Técnico de Administração (Cr) – Diploma de conclusão do ensino médio completo e curso técnico de administração;
  • Técnico de Contabilidade (Cr) – Ensino médio completo, curso técnico de contabilidade e registro no conselho regional de contabilidade;
  • Técnico de Enfermagem do Trabalho (Cr) – Ensino médio completo, curso técnico em enfermagem do trabalho e registro no conselho regional de enfermagem.

O salário inicial dos técnicos de serviços é fixado em R$ 2.787,62.

Técnico Metroviário

  • Técnico em Edificações (Cr) – Exige ensino médio completo, curso técnico em edificações e habilitação legal para o exercício da profissão de técnico em edificações;
  • Técnico em Eletromecânica (Cr) – Diploma de conclusão do ensino médio completo, curso técnico em eletromecânica e habilitação legal para o exercício da profissão;
  • Técnico em Eletrônica (Cr) – Ensino médio completo, curso técnico em eletrônica e habilitação legal para o exercício da profissão;
  • Técnico em Eletrotécnica (Cr) – Ensino médio completo, curso técnico em eletrotécnica e habilitação legal para o exercício da profissão;
  • Técnico em Estradas (Cr) – Diploma de conclusão do ensino médio completo e de curso técnico em estradas, mais habilitação legal para o exercício da profissão;
  • Técnico em Mecânica (Cr) – Diploma de conclusão do ensino médio completo e de curso técnico em mecânica e habilitação legal para o exercício da profissão;
  • Técnico em Telecomunicações (Cr) – Diploma de conclusão do ensino médio completo e de curso técnico em telecomunicações, além de habilitação legal para o exercício da profissão de técnico em telecomunicações.

Estes técnicos terão salário inicial de R$ 3.461,51, segundo o edital.

Agente Metroviário

  • Segurança Metroviária (6 vagas) – Ensino médio completo e carteira nacional de habilitação na categoria “B”. O salário inicial do agente metroviário é de R$ 1.967,59.

A jornada de trabalho será de 20, 30 ou 40 horas por semana, de acordo com cada cargo. Além do salário base, há diversos benefícios no quadro da Trensurb segundo o acordo coletivo de trabalho da categoria, como:

  • Auxílio alimentação/refeição de R$ 870,91 (com 13º desse valor);
  • Cesta básica mensal de R$ 172,57;
  • Auxílio transporte gratuito;
  • Plano de Saúde e Odontológico;
  • Auxílio Creche mensal de R$ 322,13 para filhos de até 7 anos;
  • Auxílio mensal para filho com deficiência de R$ 330,28;
  • Licença maternindade de 6 meses e paternidade de 20 dias.
Trensurb abre concurso – Foto: Gabrielli Galeazzi

Inscrições no concurso da Trensurb

As inscrições no concurso poderão ser feitas pela internet, no endereço eletrônico www.objetivas.com.br a partir das 9h do dia 13 de julho até as 12h do dia 11 de agosto de 2021.

O valor da taxa de inscrição será de R$ 80 para os cargos de nível médio e técnico; e de R$ 120 para cargos de nível superior. Poderá pedir isenção da taxa de inscrição os candidatos doadores de medula óssea, devidamente cadastrados no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME) e também aqueles que estejam no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, com renda familiar mensal per capita inferior ou igual a meio salário-mínimo nacional.

Provas

O concurso terá apenas uma etapa, prova objetiva, que terá 50 questões objetivas de múltipla escolha abordando conteúdos de Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, Informática, Legislação, Conhecimentos em administração pública e conhecimentos específicos. Para ser aprovado na etapa, o candidato deve ter 50% ou mais de pontos na nota final da prova objetiva e não zerar nenhuma das disciplinas.

As provas objetivas ocorrerão no dia 12 de setembro na cidade de Porto Alegre/RS em locais a serem divulgados no dia 6 de setembro.

O concurso valerá por 2 anos a partir da data de homologação final, prorrogável ainda por mais 2 anos, a critério da TRENSURB.

Cronograma do concurso TRENSURB

  • 13/07/2021 – Abertura do período de inscrição;
  • 13 a 15/07/2021 – Período para solicitar a isenção da taxa de inscrição;
  • 27/07/2021 – Resultado preliminar das solicitações de isenção da taxa de inscrição;
  • 28 a 30/07/2021 – Período para interposição de recursos contra o resultado preliminar das solicitações de isenção da taxa de inscrição;
  • 10/08/2021 Resultado definitivo das solicitações de isenção da taxa de inscrição
  • 11/08/2021 – Término da inscrição, às 12h, e período para emitir a GRU e efetuar o pagamento;
  • 27/08/2021 – Homologação preliminar das inscrições e convocação para a prova objetiva;
  • 06/09/2021 – Homologação definitiva das inscrições e divulgação dos locais de prova;
  • 12/09/2021 – Aplicação da prova objetiva;
  • 13/09/2021 – Divulgação do gabarito preliminar (a partir das 14h);
  • 14 a 16/09/2021 – Período para interposição de recursos contra o gabarito preliminar e vista de prova padrão;
  • 04/10/2021 – Divulgação do gabarito definitivo e resultado preliminar da prova objetiva;
  • 05 a 07/10/2021 – Período para interposição de recursos contra o resultado preliminar da prova objetiva;
  • 15/10/2021 – Resultado definitivo da prova objetiva e convocação dos candidatos concorrentes à reserva de vagas às pessoas negras para avaliação junto à Comissão Especial;
  • 18 a 22/10/2021 – Período para realização da avaliação junto à Comissão Especial (pessoas negras);
  • 26/10/2021 – Resultado preliminar da avaliação pela Comissão Especial (pessoas negras);
  • 27 a 29/10/2021 – Período para interposição de recursos contra o resultado preliminar da avaliação pela Comissão Especial (pessoas negras);
  • 10/11/2021 – Classificação final